Canal Educação grava primeiras aulas do Projeto Literatura Piauiense na Escola

Os acadêmicos Carlos Evandro Eulálio, Socorro Rios Magalhães e Zózimo Tavares gravaram no Canal Educação as primeiras aulas para o Projeto “Literatura Piauiense na Escola”.

O projeto é executado desde o ano passado através de uma parceria da Secretaria Estadual de Educação com a Academia Piauiense de Letras, com o objetivo de implantar o ensino de Literatura Piauiense nas escolas da rede estadual.

Nesta fase, os acadêmicos ministram aulas de capacitação para 1.200 professores que vão trabalhar a disciplina nas escolas da rede estadual de ensino.

Os encontros são presenciais e através do Canal Educação. As primeiras aulas foram gravadas no sábado, 22 de junho, nos estúdios do Canal Educação.

O programa

A primeira aula do programa foi ministrada pela acadêmica Socorro Rios Magalhães, doutora em Literatura e professora da Universidade Estadual do Piauí (UESPI).

Ela ministrou aula sobre a origem, a formação e a evolução do Sistema Literário Piauiense.

O acadêmico Carlos Evandro, mestre em Educação, trabalhou a obra “A Harpa do Caçador” (1884), de Teodoro Castelo Branco.

Já o acadêmico Zózimo Tavares, que foi professor de Literatura Brasileira na Universidade Federal do Piauí, fez uma abordagem sobre o livro “Lira Sertaneja” (1881), de Hermínio Castelo Branco.

Obras e autores das diversas fases literárias do Piauí serão estudadas através do Projeto “Literatura Piauiense na Escola”.

As aulas serão disponibilizadas através das plataformas digitais da SEDUC para professores inscritos no projeto.

APL e a ACIPI lançam obra de Jônathas Nunes

A Academia Piauiense de Letras (APL) e a Academia de Ciências do Piauí (ACIPI) lançaram, sábado (22), às 10h, o livro “Uespi: entradas e bandeiras”, de autoria do acadêmico Jônathas de Barros Nunes.

A solenidade aconteceu no auditório da Academia de Ciências do Piauí.

A presidente da Academia Piauiense de Letras, Fides Angélica Ommati, e o presidente da Academia de Ciências do Piauí, Paulo Henrique Gomes de Lima, abriram a sessão e celebraram o momento.

O acadêmico Zózimo Tavares fez a apresentação do livro e destacou a contribuição do professor Jônathas Nunes para que a Uespi se afirmasse como um dos pilares do conhecimento e do desenvolvimento do Piauí, no período de 1995 a 2001, no Governo Mão Santa. Ele ressaltou que o professor possibilitou o ingresso de estudantes pobres na universidade.

O evento foi prestigiado por intelectuais, escritores, cientistas, professores, estudantes e autoridades, entre elas o vice-reitor da UFPI, Viriato Campelo, o ex-senador Elmano Férrer e o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI), conselheiro Kennedy Barros. Participaram ainda da cerimônia os acadêmicos da Academia Piauiense de Letras e da Academia de Ciências do Piauí, filhos, além de netos, e outros familiares do escritor e acadêmico Jônathas Nunes.

Breve biografia do autor: É professor titular aposentado da UFPI; Coronel da reserva do Exército Brasileiro; Titular vitalício da centenária Academia Piauiense de Letras; Titular Vitalício da Academia de Ciências do Piauí e Titular Vitalício da Academia Luso-Brasileira de Letras. É PhD em Física Relativística pela University of London King’s College, England (ago 1969/mar 1973), tendo sido seu Adviser por quatro anos o conhecido cientista britânico Clive Kilmister.

ACIPI – A Academia de Ciências do Piauí foi fundada em 2002, por um grupo de professores, profissionais liberais e pesquisadores, com o objetivo de divulgar e difundir a ciência, a tecnologia, a cultura e arte no brasil, em especial no Piauí.

Arte do chargista e cartunista Moisés dos Martírios.

APL participa de solenidade de destaque de alunos leitores no CETI

A Academia Piauiense de Letras, participou, sexta-feira (21), da solenidade de destaque dos alunos leitores da escola CETI – Nossa Senhora da Paz.

A escola promove, semestralmente, o reconhecimento dos alunos leitores destacados da Biblioteca Maria Piantoni.

A presidente da Academia Piauiense de Letras, Fides Angélica Ommati, falou da importância da instituição em participar de eventos como este.

“Com imensa satisfação que a APL participa deste evento de grande importância, por ser uma iniciativa que visa estimular o hábito da leitura e fomentar uma cultura de aprendizado contínuo entre os estudantes. Neste contexto, conhecer o destaque dos alunos leitores desta escola, reforça o nosso compromisso com a educação e o incentivo à leitura”, enfatizou.

APL e a ACIPI lançam obra de Jonathas Nunes neste sábado

A Academia Piauiense de Letras em conjunto com a Academia De Ciências do Piauí (ACIPI), lançarão, neste sábado (22), às 10h, o livro “Uespi: entradas e bandeiras”, de autoria do acadêmico Jonathas de Barros Nunes, que pertence às duas academias.

A solenidade vai acontecer no auditório da Academia de Ciências do Piauí.

A obra conta a história da Universidade Estadual do Piauí durante os 7 anos em que Jonathas Nunes assumiu a reitoria da instituição.

SOBRE O AUTOR: É PhD em Física Relativística pela University of London King’s College, England. Professor titular aposentado da UFPI; Coronel da reserva do Exército Brasileiro; Titular vitalício da centenária Academia Piauiense de Letras – APL; Titular Vitalício da Academia de Ciências do Piauí-ACIPI e Titular Vitalício da Academia Luso-Brasileira de Letras – ALBL.

APL e Escola do Legislativo firmam parceria para homenagear Celso Barros

A presidente da Academia Piauiense de Letras, Fides Angélica Ommati, recebeu, nesta manhã (20), o diretor da Escola do Legislativo, Dr. José Osmar Alves, no intuito de firmar parceria entre APL e ALEPI, para homenagear o acadêmico e ex-deputado Celso Barros Coelho.

A iniciativa faz parte do projeto Parlamento e Cultura, que tem o intuito de resgatar, reconhecer e difundir a contribuição de parlamentares da Assembleia Legislativa do Piauí nas áreas de educação e cultura.

APL se instala oficialmente em Regeneração e Amarante

A Academia Piauiense de Letras (APL) se instalou oficialmente nas cidades de Regeneração e Amarante, nos dias 15 e 16 de junho, em mais uma edição do Projeto APL Itinerante.

O projeto tem o objetivo de promover o intercâmbio da APL com os polos de cultura do interior do Piauí.

REGENERAÇÃO- Em Regeneração, os acadêmicos visitaram, inicialmente, a casa onde nasceu Manoel Paulo Nunes, professor, escritor e acadêmico, ocupante da cadeira nº 38 da APL, da qual foi presidente.

Na Biblioteca Prof. Manoel Paulo Nunes, que fica no Espaço Cultural Socorro Santana, foram entregues livros doados pela família do imortal e que faziam parte de seu acervo pessoal. Uma pequena orquestra sanfônica animou os visitantes com seu repertório de música brasileira.

Na cidade, também foi prestada homenagem à memória do dramaturgo José Gomes Campos, autor de diversas obras, inclusive da premiada Auto do Lampião no Além, descerrando-se placa comemorativa na casa em que ele nasceu.

Em seguida, a comitiva conheceu o Museu dos Acaroás e Guegueses, guiada por seu instituidor, Prof. Dr. Márcio Freitas.

Na ocasião, integrantes do Núcleo Feminino da APL receberam colares coloridos e longos, produzidos por indígenas, enquanto os outros integrantes da comitiva receberam souvenirs de igual procedência.

Às 10h, ocorreu a Sessão de Instalação do APL Itinerante, na Câmara Municipal de Regeneração, cerimônia que contou com a presença das autoridades municipais, incluído o prefeito Eduardo Alves Carvalho (Seu Dua) e o presidente da Câmara Municipal, Ciríaco José de Araújo.

A abertura contou, também, com a apresentação dos alunos de violão da Prefeitura Municipal de Regeneração, orientados pelo professor Carlos Alberto.

AMARANTE – Na cidade de Amarante, o evento de instalação da APL contou com o apoio da Academia de Letras do Médio Parnaíba (ALMP) e da Academia de Letras, Artes e Cultura de Amarante (ALEAMA).

Às 14h30min, os participantes fizeram um tour pelo Centro Histórico (Casario, Beira-rio, Igreja Matriz, Escadaria e Mirante), ao Circuito de Museus (Estações do Projeto Museu Casas Amarante) e ao Memorial de Da Costa e Silva, numa clínica particular.

No domingo, dia 16, às 8h, os acadêmicos visitaram o Museu das Letras do Piauí Casa de Odilon Nunes.

Às 10h, foi realizada a sessão Especial conjunta das Academias (APL, ALMP e ALEAMA), no auditório do referido Museu das Letras.

A abertura do evento contou com a exibição do documentário “Amar Amarante Sempre”, do acadêmico Elmar Carvalho.

A APL concedeu o título de menção honrosa a personalidades das cidades de Regeneração e Amarante, pela participação no Projeto APL Itinerante.

Os agraciados foram: Fides Angélica De Castro Veloso Mendes Ommati – Presidente da APL, Reginaldo Miranda Silva (Tesoureiro da APL), Marcelino Leal Barroso de Carvalho (Presidente da ALEAMA), Raimunda Celestina Mendes da Silva (Presidente da ALMP), Márcio Antônio da Rocha Freitas (Instituidor do Museu dos Acaroás e Guegueses), Ciríaco José de Araújo (Presidente da Câmara Municipal de Regeneração), Diego Lamartine Soares Teixeira (Prefeito de Amarante), Eduardo Alves Carvalho (Prefeito de Regeneração), Flaviano Oliveira Lira (Secretário de Cultura de Amarante), Francinilde Oliveira Claro (Coordenadora do Museu das Letras do Piauí), Francisco Alves de Almeida (Criador do Memorial de Da Costa e Silva), Josemara de Sousa e Silva Vasconcelos e Silva (Secretária de Cultura de Regeneração), Helena Maria Teixeira Nunes Cavalcante (representante da família de Paulo Manuel Nunes).

Projeto APL Itinerante em Regeneração e Amarante-PI

A Academia Piauiense de Letras (APL), com o apoio da Academia de Letras do Médio Parnaíba (ALMP) e da Academia de Letras, Artes e Cultura de Amarante (ALEAMA), promoveu, nos dias 15 e 16 de junho, mais uma edição do Projeto APL Itinerante, com atividades culturais nas cidades de Regeneração e Amarante-PI.

Acompanhe no vídeo abaixo, alguns momentos desta preciosa e enriquecedora viagem.

APL visita Regeneração e Amarante no próximo final de semana

A Academia Piauiense de Letras (APL), com o apoio da Academia de Letras do Médio Parnaíba (ALMP) e da Academia de Letras, Artes e Cultura de Amarante (ALEAMA), promoverá, nos dias 15 e 16 de junho, próximo final de semana, mais uma edição do Projeto APL Itinerante, com atividades culturais nas cidades de Regeneração e Amarante-PI.

Às 9h, os acadêmicos chegarão em Regeneração e logo em seguida farão visita à Biblioteca Prof. Manoel Paulo Nunes e ao Museu dos Acoroás e Guegueses, guiada pelo Prof. Dr. Márcio Freitas.

Na Biblioteca Prof. Manoel Paulo Nunes serão entregues livros doados pela família do imortal que faziam parte de seu acervo pessoal.

A partir das 10h, acontecerá a Sessão de Instalação do APL Itinerante, na Câmara Municipal de Regeneração, onde contará com a presença das autoridades municipais, incluído o prefeito Eduardo Alves Carvalho (Dua), representantes da câmara municipal e entidades culturais do município.

Durante a solenidade, será exibido o filme “O Sonho que saiu do papel“, sobre a história da APL, dirigido pelo documentarista Luciano Klaus.

Às 14h30min, chegada a Amarante, onde os participantes farão um tour pelo Centro Histórico (Casario, Beira-rio, Igreja Matriz, Escadaria e Mirante), ao Circuito de Museus, Estações do Projeto Museu Casas Amarante e Memorial de Da Costa e Silva.

No domingo, dia 16, às 8h, os acadêmicos visitarão o Museu das Letras do Piauí Casa de Odilon Nunes.

Às 10h, será realizado a sessão Especial conjunta das Academias (APL, ALMP e ALEAMA) – Museu das Letras.

No encerramento haverá a exibição dos documentários “O sonho que saiu do papel” e “Amar Amarante Sempre”, do acadêmico Elmar Carvalho.

Academia participa dos bate-papos literários do Salipi

A Academia Piauiense de Letras participará, nesta quarta-feira (12), dos bate-papos literários do 22º Salão do Livro do Piauí (Salipi).

A conversa terá início às 19h e acontece no espaço Estações Letras e Expressões, que apresenta um formato mais intimista e em constante interação com o público.

O acadêmico Elmar Carvalho fará o lançamento dos seus livros: Histórias de Évora (romance), O Poeta e seu Labirinto – antologia poética e a História da Faculdade de Administração, da qual é coautor.

O acadêmico Oton Lustosa conversará sobre a segunda edição de seu romance urbano, Vozes da Ribanceira.

O secretário-geral da APL, acadêmico Magno Pires, falará sobre seu livro Piauí: Oportunidades de Investimentos.

O acadêmico Reginaldo Miranda vai lançar o livro Piauienses Notáveis, tomo II.

O acadêmico e vice-presidente da Academia Piauiense de Letras, Fonseca Neto, falou sobre a importância e o compromisso da instituição em participar, ativamente, das programações e das organizações do Salão de Livros do Piauí.

“A participação da APL é importantíssima. O Salipi é o maior agito de letrados e letras do Estado. É um evento que dialoga com as obras da língua viva, a língua que nós vivemos. É onde acontece a circularidade mais intensa do mundo do livro do Piauí. Os lançamentos e relançamentos têm um diálogo precioso com os autores e os leitores”, enfatizou.

Além das palestras e pautas literárias, o evento traz exposições artísticas, exibições de produções audiovisuais, shows musicais e outras manifestações culturais.

Valdeci Cavalcante recebe Medalha do Mérito do Ministério Público

O acadêmico Valdeci Cavalcante, ocupante da cadeira 17, foi homenageado com a Medalha do Mérito do Ministério Público “Procurador de Justiça Antônio Gonçalves Vieira”, nesta quinta-feira, dia 6 de junho.

A solenidade aconteceu no auditório do Ministério Público e reuniu diversas autoridades políticas e sociais. Valdeci Cavalcante também é presidente da Fecomércio Sesc Senac no Piauí.

A Medalha do Mérito do Ministério Público é concedida a personalidades que contribuíram com as ações do MP no Piauí.

Na cerimônia, Valdeci Cavalcante destacou a honra e a responsabilidade de ser reconhecido pelo Ministério Público, instituição essencial para a manutenção da ordem e da justiça.

“Tenho 47 anos de advocacia, mais de 50 anos de atividade empresarial e pública, portanto, receber uma comenda do Ministério Público do Piauí, na oportunidade em que esta instituição completa seus 133 anos, é motivo de muita alegria e muita felicidade. É uma honra para mim ser reconhecido por este órgão altamente responsável, que tem o papel de fiscalizar a lei e fortalecer a democracia em nosso país”, enfatizou.

APL participa de reunião na SEDUC

A Comissão de Literatura da Academia Piauiense de Letras, participou, dia 27/05, de uma reunião na Gerência de Formação da SEDUC (GEFOR), com o intuito de agendar as datas dos seis encontros do Curso de Formação de professores da SEDUC.

As reuniões fazem parte do processo de implantação da disciplina Literatura Piauiense nas escolas públicas e privadas do Estado e que são de iniciativa das instituições APL e SEDUC.

O encontro contou com a participação do acadêmico e coordenador da comissão, Carlos Evandro Eulálio e da primeira secretária da APL, Socorro Rios Magalhães.

A professora Walderice de Carvalho Rodrigues, gerente de formação e a professora formadora institucional, Rosimar, representavam a SEDUC.

Segundo Carlos Evandro, o comitê busca fazer o treinamento dos professores que irão ministrar a disciplina de Literatura Piauiense nas salas de aula.

Fides Angélica é homenageada no SALAP

A presidente da Academia Piauiense de Letras Fides Angélica Ommati foi homenageada, dia 24 de maio, no III Salão do Livro da Advocacia Piauiense (SALAP), na sede da Seccional da OAB-PI, em Teresina, entidade da qual é ex-presidente.

O diretor-geral da Escola Superior de Advocacia – OAB-PI (novaESA- PI), Thiago Carcará, falou sobre a homenagem.

“Foi muito justa a sua escolha, em homenagear essa grande mulher de envergadura nacional, que tem toda a respeitabilidade pelo Brasil, é uma grande jurista que presta hoje o seu trabalho na Academia Piauiense de Letras, mas jamais esquece da Ordem dos Advogados do Brasil, e em especial, da ESA”.