APL se instala em Oeiras

A Academia Piauiense de Letras se instalou oficialmente em Oeiras, onde abriu o Ano Acadêmico de 2023.

A sessão solene com este objetivo foi realizada ontem (23/01) à noite com o Cine Teatro Oeiras lotado.

A cerimônia se realizou nas comemorações do bicentenário da Independência do Brasil no Piauí e dos 50 anos de fundação do Instituto Histórico de Oeiras.

A sessão se compôs de duas partes. Na primeira, foi exibido documentário O sonho que saiu do papel, filme sobre a história da APL, com direção do documentarista Luciano Klaus.

A seguir, houve a exibição do videopoema Noturno de Oeiras, do poeta e acadêmico Elmar Carvalho.

Oeiras na Independência

Os trabalhos foram conduzidos pelo presidente da APL, Zózimo Tavares, e contaram com a presença do governador Rafael Fonteles; do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Franzé Silva; e do bispo diocesano de Oeiras, Dom Edilson Soares Nobre.

A aclamação das efemérides foi feita pelo 1° secretário da Academia, Fonseca Neto, também presidente do Instituto Histórico e Geográfico do Piauí.

A presidente do Instituto Histórico de Oeiras, professora Inácia Rodrigues Ferreira, se pronunciou destacando a importância do evento.

O acadêmico Moisés Reis, sócio do Instituto Histórico de Oeiras, fez o discurso de recepção à Academia.

O acadêmico e historiador Reginaldo Miranda fez palestra sobre Oeiras na Independência do Brasil, com ênfase na participação do Visconde da Parnaíba no movimento.

O governador Rafael Fonteles destacou a importância da iniciativa da Academia em buscar a sua interiorização, começando pela Primeira Capital.

Ele frisou que a Academia faz história ao realizar sessão fora de sua sede, prestigiando os polos de cultura do interior do Piauí.

Outras presenças

Participaram da sessão os acadêmicos Elmar Carvalho, Francisco Miguel de Moura, Fonseca Neto, Magno Pires (vice-presidente da APL), Moisés Reis, Oton Lustosa, Reginaldo Miranda e Tony Batista.

Também se fizeram presentes à cerimônia o prefeito de Oeiras, José Raimundo Sá Lopes; o presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Francisco Expedito Nunes Martins; e o ex-governador Wilson Martins, além de secretários de Estado, deputados, intelectuais, professores, estudantes e outros convidados.

Sessão conjunta da APL/IHO na Primeira Capital.
Acadêmico Fonseca Neto na aclamação das efemérides.
Acadêmico Moisés Reis faz saudação à APL e convidados.
Acadêmico Moisés Reis saúda a APL e convidados.
Acadêmico Reginaldo Miranda fala sobre a Independência do Brasil no Piauí.
Governador Rafael Fonteles destaca iniciativa histórica da Academia.

APL agenda visita a São Raimundo Nonato e Oeiras

A Academia Piauiense de Letras programou, para o período de 21 a 24 deste mês, visita oficial aos municípios de São Raimundo Nonato e Oeiras.

Na história centenária da instituição, será o primeiro deslocamento da APL para o interior do Piauí.

Em São Raimundo Nonato, a Academia fará uma Sessão Solene, às 19h do dia 21, na qual o acadêmico e historiador Fonseca Neto fará uma palestra sobre o berço do homem americano.

Na mesma sessão, haverá a entrega do Diploma de Membro Efetivo e Perpétuo da Academia Piauiense de Letras à professora e arqueóloga Niéde Guidon, ocupante da Cadeira 24.

Os acadêmicos visitarão os Museus do Homem Americano e da Natureza e o Parque Nacional da Serra da Capivara.

Independência

Em Oeiras, a APL fará, às 19h de 23 de janeiro, Sessão Solene conjunta com o Instituto Histórico de Oeiras para celebrar os 200 Anos da Adesão do Piauí à Independência do Brasil e os 50 anos do IHO.

Na ocasião, o acadêmico Reginaldo Miranda fará palestra sobre o tema “Oeiras na Independência do Brasil”.

Haverá também pronunciamento de representante do Instituto Histórico de Oeiras.

Os acadêmicos visitarão pontos turísticos da Primeira Capital e retornarão a Teresina no dia 24.

Interiorização da APL

O presidente da Academia Piauiense de Letras, Zózimo Tavares, informou que a visita aos dois municípios faz parte do plano de interiorização da APL.

A visita estava agendada para março de 2020, mas foi suspensa em função da explosão da pandemia da Covid-19.

Outros municípios receberão a visita da APL ao longo deste ano.

Oeiras faz exposição na Primavera dos Museus

O Coletivo Arte e Cultura de Oeiras – CACO promoveu, no Sobrado Major Selemérico, a Exposição “Gestos e SuperAção”, realçando a produção artística de Michelângelo Borges, escultor local.

O evento faz parte da programação da 15ª Primavera dos Museus, promovido pelo Instituto Brasileiro de Museus – IBRAM.

Este ano, com o tema “Perdas e recomeços”, a Primavera dos Museus procura fazer reflexões acerca da museologia nesse momento delicado de pandemia.

A arquiteta Amanda Morais assina a curadoria do evento em Oeiras, celebrando a Semana de Museus.