Presidente da APL recebe homenagem do Conselho Estadual de Cultura

O Conselho Estadual de Cultura do Piauí deu posse hoje (15/12) aos seus novos membros, homenageou personalidades do setor e lançou a nova edição da revista Presença.

O ato foi realizado no auditório Liz Medeiros, no Centro Cultural M. Paulo Nunes, bairro Vermelha, zona Sul de Teresina, sede do Conselho.

Posse

O advogado, escritor e acadêmico Nelson Nery foi empossado para mais um mandato na presidência do CEE.

Juntamente com ele, tomaram posse como titulares os conselheiros Cineas Santos, Dora Medeiros, Gilson Caland, Itamar Guimarães, João Vasconcelos, Jone Clay Macedo, Poliana Sepúlveda e Wilson Seraine, além de três suplentes.

Mérito Cultural

Por indicação dos conselheiros, nove personalidades receberam a Medalha do Mérito Cultural, pelos relevantes serviços prestados ao setor.

Entre os homenageados está o presidente da Academia Piauiense de Letras, Zózimo Tavares, que fez o discurso de agradecimento em nome dos agraciados.

Os homenageados

ANTÔNIO VAGNER RIBEIRO

GTMC – GRUPO DE TEATRO MONTE CASTELO

KASSIO FERNANDES DA SILVA GOMES

LAURENI DANTAS DE FRANÇA

MARCOS ANTÔNIO VILARINHO GOMES DE OLIVEIRA

MARIA DO ROSÁRIO SALES

RAIMUNDO NONATO MAGALHÃES RIBEIRO

ROBERTO CARLOS BONFIM DE SABÓIA

SIMÃO TELES BACELAR

ZÓZIMO TAVARES MENDES

Presença

O Conselho Estadual de Educação lançou também a mais nova edição da revista Presença, Ano XXXIII, 2022, comemorativa dos 54 anos de fundação do CEC.

Os destaques da publicação: Entrevista com Cineas Santos; a formação do acervo da Pinacoteca do Conselho; ensaio fotográfico de Aureliano Müller; o Prêmio Nacional de Música para a Procissão das Sanfonas e Cosmorama da Cidade Verde: Do Palacete Municipal ao Park Potycabana, um passeio imagético por Teresina, assinado pelo jornalista e historiador Paulo Gutemberg.

A revista traz ainda artigos dos acadêmicos Carlos Evandro, Elmar Carvalho e Nelson Nery, entre outras colaborações.

Nelson Nery, presidente do CEC, e Zózimo Tavares, presidente da APL.
Nelson Nery fala de realizações e novos planos para a cultura.
Zózimo Tavares faz discurso de agradecimento em nome dos homenageados.
Cineas Santos apresenta a nova edição da revista Presença.
Acadêmicos Plínio Macêdo, Nelson Nery, Zózimo Tavares, Elmar Carvalho e Carlos Evandro no CEC.

Acadêmicos no lançamento de livro sobre Chagas Rodrigues

Os acadêmicos Zózimo Tavares (presidente), Reginaldo Miranda (ex-presidente) e Elmar Carvalho (ex-secretário) participaram do lançamento do livro Chagas Rodrigues e a Hidrelétrica de Boa Esperança, do advogado Reginaldo Furtado.

O livro foi lançado ontem (7/12) à noite, no auditório da Escola Superior da Advocacia (Nova ESA), na sede da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção Piauí.

Com prefácio do acadêmico e historiador Fonseca Neto, 1º secretário da Academia Piauiense de Letras, o livro assinala a passagem do centenário de nascimento do ex-governador e ex-senador Chagas Rodrigues, falecido em 2009, em Brasília.

Segundo Fonseca Neto, o livro especifica tematicamente a famosa barragem, obra com bastante centralidade na ação de Chagas Rodrigues, e circunscreve um escopo memorial bem mais amplo no interior e em torno do fato-titular.

O lançamento

Compuseram a mesa de honra o autor, que presidiu a OAB-PI na década de 1980, o atual presidente da Ordem, Celso Barros Neto; o presidente do Instituto dos Advogados do Piauí, Álvaro Mota; o presidente da APL e a psicóloga Almira Correia Rodrigues, filha de Chagas.

Outros familiares de Chagas Rodrigues, como os sobrinhos Chico Wilson e Poncion Rodrigues, também participaram do lançamento, além de admiradores do ex-senador e amigos do autor.

O livro sobre Chagas Rodrigues.
Reginaldo Furtado fala sobre o livro.
Presidente da OAB, Celso Barros, destaca ação política de Chagas.
Almira, filha de Chagas, faz agradecimento em nome da família.
Presidente da APL fala da trajetória de Chagas Rodrigues.
O autor com o humorista João Cláudio Moreno.