CID DE CASTRO Dias

(1942). Sexto e Atual Ocupante da Cadeira nº 15 da APL. 

Filho de Manoel da Silva Dias e Ester de Castro Dias, nasceu em 25-01-1942, na cidade de S. Raimundo Nonato (Piauí), tendo alí cursado o 1º grau no Ginásio Dom Inocêncio. Em Salvador (BA), cursou  o  2º  grau  escolar (antigo  científico). Engenheiro Civil, formado pela Universidade Federal do Ceará (1968).

Funcionário de carreira da Secretária de Obras do Piauí, hoje aposentado, onde exerceu os cargos de: Fiscal das Obras do Estádio Alberto Silva (Albertão) – Sub-Secretário de Obras em duas administrações – Diretor da Divisão de Conservação e Coordenador de Obras Especiais. Trabalhou na Empresa de Obras Públicas do estado do Piauí – EMOPPI, tendo desempenhado as funções de Gerente de Acompanhamento de Obras e Assessor Técnico-Econômico. Professor aposentado do IFPI, antigo CEFET. Ex-Secretario de Projetos Estruturantes da Prefeitura Municipal de Teresina. Ex-Diretor da PRODATER – Empresa Teresinense de Processamento de Dados (PMT). Agraciado com as medalhas Mérito Conselheiro Saraiva da Prefeitura de Teresina e Mérito Renascença do Governo do Estado do Piaui.

Membro da Academia Piauiense de Letras ocupando a cadeira nº 15, sendo sucessor de Deoclécio Dantas. E também é membro da Academia de Ciências do Piauí.

Escritor, autor dos livros: Os caminhos do rio Parnaiba, Piauí – obras que estruturntes, Piauí – das origens à nova Capital e Piauí – obras que desafiam.