Pedro da Silva Ribeiro

(1930). Quarto e Atual Ocupante da Cadeira nº 13 da APL. 

Nasceu em Guadalupe, 14-02-1930. Professor, romancista, contista e historiador. Lecionou nos mais importantes colégios de Teresina: Escola Normal Oficial “Antonino Freire e Colégio “Sagrado Coração de Jesus”. Foi diretor do colégio “Eurípides de Aguiar” (1960). Professor universitário, lecionando na Fundação Educacional do Distrito Federal. Alto funcionário do Tribunal de Contas da União. Bibliografia. Publicou o romance Vento Geral, 1982, e a obra Sol Poente, contos, 1985. Pertence à Academia Piauiense de Letras.

Comentários 

[…] Mas, sobretudo, existem as paixões que vâo construindo a vida, a malha fina com que um pequeno mundo se tece e se transformo, tudo isto é bem recontado e bem recriado por Pedro Ribeiro; que mistura lembrança e imaginação numa forma tâo viva e natural que põe em dúvida o seu gênero literário: será ficção ou memória? Será que temos de reescrever este livro e dar-lhe outro título: “Aventuras de Pedro Belas-Artes no Vale do Engano?”. (H. Dobai, sobre a obra Vento Geral)

Mas não há dúvida de que Vento Geral é um grande livro: é um mural de traço e de cores muito nítidos, que não esquecemos, pois com ele o nosso rio preguiçoso, que se compraz no seu curso, fica sendo uma água pesada na memória, um rio subterrâneo que cada vez mais se afunda no peito.

Fonte: RIBEIRO, Pedro da Silva. Vento Geral. 2. ed., 1996.
RIBEIRO, Pedro da Silva. A Divisa. Teresina: Academia Piauiense de Letras, EDUFPI, 2017, Coleção Centenário nº 60.