Nova Academia empossa seus membros

Francisco Miguel de Moura recebe seu diploma da ALVAR.
Francisco Miguel de Moura recebe seu diploma da ALVAR.
Os membros da ALVAR na solenidade de posse.

A Academia de Letras do Vale do Riachão (ALVAR) realizou na terça-feira (21/12) a solenidade de posse oficial dos acadêmicos da instituição.
O evento aconteceu no Bistrô Campeiro, no município de Santo Antônio de Lisboa.
A Alvar foi criada em 2020, durante assembleia realizada no dia 17 de agosto. Ao todo, 31 acadêmicos tomaram posse, entre eles o poeta Francisco Miguel de Moura, filho do município de Francisco Santos e titular Cadeira 8 da Academia Piauiense de Letras.
A primeira diretoria da ALVAR é assim composta: Nilvon Batista (presidente): Samuel Nascimento (vice-presidente); Felipe Valentim e Marli Veloso (primeiro e segundo secretários); Geovane Leal e Francisco de Assis de Sousa (primeiro e segundo tesoureiros).
A nova academia abriga intelectuais e produtores culturais de Francisco Santos, Santo Antônio de Lisboa, São Julião, Vila Nova do Piauí e de outros municípios da região do Vale do Riachão, na Grande Picos.

Francisco Miguel de Moura recebe seu diploma da ALVAR.