Mais 3 lançamentos de livros na APL

10

Mais três obras literárias foram lançadas no último sábado (03/12) pela Academia Piauiense de Letras: O Ímpio Confundido, de Leonardo Castelo Branco; José Vasco de Sousa Coelho – Um chefe liberal no sertão, de Antônio Fonseca Neto e Celso Barros, e Fidié, guerreiro em dois continentes, de Reginaldo Miranda.

O primeiro foi apresentado pelo professor Valdemir Miranda, o segundo pelo acadêmico Fonseca Neto e o terceiro pelo próprio autor.

Uma representação de Esperantina participou do lançamento do livro de Leonardo Castelo Branco, filho do município.

Outra representação do 25º Batalhão de Caçadores, que recebe o nome de Leonardo Castelo Branco, também se fez presente.

Plano Editorial da APL

O presidente da Academia Piauiense de Letras, Zózimo Tavares, lembrou que nos últimos dez anos a APL executou o maior Plano Editorial do Piauí, em todos os tempos.

O catálogo de livros publicados ou republicados pela Academia, nesse período, reúne mais de 200 títulos.

Só pela Coleção Centenário foram publicados 150 livros, e mais 60 pela Coleção Século 21, além de outras dezenas de títulos avulsos.

A Coleção Centenário foi lançada na gestão do presidente Reginaldo Miranda e impulsionada na gestão do presidente Nelson Nery.

Na atual gestão, foram publicados mais de 30 livros, que, em função do isolamento social, estão sendo lançados somente agora.

Aldemir Miranda apresenta livro de Leonardo Castelo Branco.
Fonseca Neto apresenta livro de sua autoria.
Reginaldo Miranda lança livro sobre Fidié.