Em seus 150 anos, Amarante ganha projetos culturais

Escadaria Da Costa e Silva com novo visual/Imagem: Secult
Escadaria Da Costa e Silva com novo visual/Imagem: Secult

Amarante ganhou um colorido especial na celebração dos seus 150 anos. A Escadaria Da Costa e Silva foi revitalizada e recebeu a arte do Grupo Cactus, através de projeto cultural financiado pelo Siec, da Secretaria Estadual de Cultura.

Em cada degrau da escadaria que homenageia o poeta, um pouco da história e da cultura de Amarante pelas mãos dos artistas da terra.

O secretário de Cultura, Fábio Novo, informou que os presentes à cidade não param por aí.

“Estamos reorganizando os museus de rua da cidade e também revendo a museografia da Cada de Odilon Nunes para abrigar o Museu das Letras do Piauí”, anuncia o secretário.

 

O aniversário da cidade

Amarante celebrou seus 150 anos por toda esta semana. O município foi fundado em 4 de agosto de 1971. Está a 160 quilômetros ao Sul de Teresina e tem uma população de 18 mil habitantes.

A cidade foi cantada em versos pelo seu filho mais ilustre, o poeta Da Costa e Silva, também autor do Hino do Piauí.

O poeta pertenceu à Academia Piauiense de Letras, como primeiro ocupante da Cadeira 21.

(Com informações da Secult e da APL)