Édison Da Paz Cunha

UMA PERSONALIDADE EXPONENCIAL NA HISTÓRIA DA CULTURA PIAUIENSE

Manfredi Mendes de Cerqueira*

Nasceu Édison da Paz Cunha no dia 15 de dezembro de 1891, na cidade de Teresina, Capital do Estado do Piauí, filho de Corina da Paz Cunha e do intelectual Higino Cícero da Cunha.

Edison Cunha foi o primeiro bibliotecário da Academia Piauiense de Letras. Exerceu o cargo com rara competência, apesar de a entidade cultural estar ensaiando os primeiros passos. Estudioso, amigo dos livros, seguia o belo exemplo de seu pai Higino Cunha.

Sabia ele, sem dúvida, que não podemos dissociar os vocábulos livro, biblioteca e cultura, porque eles reciprocamente se solicitam. Um escorço histórico que se faça evidência que somente a partir do século XV, com o Renascimento, foi que teve início um processo, precedido de uma série de transformações no âmbito cultural ligadas à bússola, à pólvora e à impressão de livros.

VEJA MAIS SOBRE  A VIDA E OBRA DE ÉDISON DA PAZ CUNHA