APL renova cooperação cultural com a UFPI

Academia e Ufpi renovam acordo de cooperação cultural. - Imagem: UFPI
Academia e Ufpi renovam acordo de cooperação cultural. - Imagem: UFPI

A Academia Piauiense de Letras renovou com a Universidade Federal do Piauí o convênio de cooperação cultural entre as duas instituições.

O documento foi assinado pelo reitor Gildásio Guedes e o presidente da APL, acadêmico Zózimo Tavares, na sexta-feira (01/04), no Salão Nobre da Reitoria, no Campus da Ininga.

A UFPI e APL, através da colaboração, irão contribuir com recursos materiais para a viabilização de projetos culturais que envolverão a realização de pesquisas, cursos, palestras, seminários, concursos literários e eventos que atendam o público das duas instituições. 

Reitor da UFPI, professor Gildásio Guedes.

O convênio possibilita a valorização da literatura também através de edições e reedições de obras literárias de autores piauiense em formatos físicos e digitais.

Para o reitor Gildásio Guedes, a renovação da cooperação, interrompida no período da pandemia da Covid-19, será de grande importância para a Universidade, pois irá trazer grandes benefícios para a comunidade acadêmica.

“Será um intercâmbio cultural importantíssimo, porque a Academia Piauiense de Letras é uma instituição efervescente de divulgação da cultura e dos grandes nomes de intelectuais do nosso estado. Queremos apoiar e divulgar o que temos de melhor no Piauí”, afirmou o reitor.

Presidente da APL, acadêmico Zózimo Tavares.

O presidente da APL afirma que a parceria é de muito significado para a cultura, de um modo geral, e para a literatura, em particular.

“Com a sensibilidade e a preocupação da UFPI com a cultura e a educação, podemos realizar ações mútuas nas duas instituições e promover ainda mais a literatura piauiense e a educação”, confia o acadêmico.