APL ganha reforma e Museu da Cultura Literária Piauiense

destaque-museu

Diversas personalidades foram homenageadas na manhã deste sábado (10/03) pela Academia Piauiense de Letras, que em 2018 comemora seu centenário. Durante o evento foi também inaugurado o Museu da Cultura Literária Piauiense, oferecendo à sociedade mais um espaço de cultura e pesquisa sobre a história do estado.

“Estamos homenageando pessoas que têm colaborado para a cultura e com a própria academia. Mostrando que estes somatório de forças podem emergir a cultura do Piauí, sejam de órgãos públicos ou aqueles que trabalham com cultura e literatura”, comentou Nelson Nery Costa, presidente da instituição.

O museu instalado na sede da academia reúne quadros, fotografias, obras literárias antigas, além de objetos pessoais pertencentes a imortais que foram membros da entidade.

A solenidade marcou ainda o lançamento de obras escritas por dois dos maiores intelectuais da atualidade: Assis Brasil (O Prestígio do Diabo) e Manoel Paulo Nunes (Modernismo & Vanguarda), que fazem parte da Coleção Centenário.

Representando o governador Wellington Dias (PT) – que seria homenageado, mas cancelou presença em cima da hora -, o deputado estadual e secretário de Cultura, Fábio Novo, destacou a parceria com a APL, que possibilitou a reforma da sede da academia, hoje completamente estruturada.

“Acho que estamos vivendo momento especial da cultura do Piauí, da literatura em especial”, comemora Nelson Nery ao tratar das diversas editoras hoje atuando no estado com importantes publicações, seja resgatando autores ou no surgimento de novos nomes, e destaca o gás e toda vitalidade para seguir por mais 100 anos de academia.

Além do secretário Fábio Novo, também foram agraciados com a Medalha do Centenário personalidades como Assis Brasil, o empresário Jesus Elias Tajra, o desembargador Luiz Gonzaga Brandão de Carvalho, os colunistas sociais Nelito Marques e Rivanildo Feitosa, o jornalista Carlos Said, o empresário Sergisnando Alencar, dentre outros.

Da solenidade participaram ainda, dentre outros, nomes como o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Piauí, Chico Lucas, o desembargador Edvaldo Moura, e o secretário de Comunicação da prefeitura de Teresina, Fernando Said.

VEJA IMAGENS