APL escolhe novo ocupante para cadeira de Assis Brasil

detalhe fechada apl

A Academia Piauiense de Letras (APL) realiza,  sábado (09/04), eleição para o preenchimento da Cadeira 36, que teve como último ocupante o escritor Assis Brasil, falecido em 28 de novembro do ano passado.

A votação será realizada entre 8 e 11 horas, na sede da APL, na Avenida Miguel Rosa, 3.300-Sul/Centro. Vários acadêmicos já anteciparam o voto, encaminhado em envelope lacrado à Academia.

Dois candidatos concorrem à cadeira de Assis Brasil, o poeta e compositor Climério Ferreira e o escritor João Alves Filho.

A eleição será realizada em segundo turno, pois no primeiro, ocorrido em 11 de março, nenhum dos candidatos conseguiu o quórum mínimo de 19 votos.

Climério Ferreira obteve 17 votos e João Alves conseguiu 5, empatando com o candidato Marcos Freitas e passando ao segundo turno por ser o mais idoso entre os mais votados em segundo lugar.

O processo vem sendo conduzido pela Comissão Eleitoral da APL, presidida pelo acadêmico Reginaldo Miranda e composta pelos acadêmicos Dilson Lages, Elmar Carvalho, Fonseca Neto e Nelson Nery.

Os candidatos

Climério Ferreira nasceu em Angical do Piauí.  É professor aposentado da Universidade de Brasília. Desde 1975, já publicou 14 livros de poesia. O 15º, intitulado “A música imóvel do tempo”, foi lançado no último Salão do Livro do Piauí, que o homenageou em sua 19ª edição.

Climério Ferreira tem mais de 100 canções gravadas por intérpretes como Dominguinhos, Fagner, Ednardo, Elba Ramalho, Amelinha, Fernanda Takai e padre Fábio de Melo.

João Alves Filho, servidor público federal aposentado, é presidente da Academia Campomaiorense de Artes e Letras (ACALE). “Vultos e Fatos da História de Campo Maior” é um dos livros de sua autoria.

Tem intensa participação na vida cultural de sua cidade e pertence ainda a outras instituições literárias, como Academia de Letras do Vale do Longá – ALVAL, Academia Maçônica de Letras do Piauí e Academia Piauiense de Mestres Maçons.

Também exerce atividade política em seu município, onde foi vereador. Nas eleições passadas, foi candidato a vice-prefeito pelo PSL.