APL empossa Diretoria para novo mandato

posse3

Imagens: APL/Ascom

Posse da Diretoria da APL para novo biênio

A Diretoria da Academia Piauiense de Letras foi empossada hoje (24/01) para um novo mandato de dois anos.

A Sessão Solene de Posse dos dirigentes da APL foi realizada no formato híbrido (presencial e virtual), com transmissão pelo canal da Academia no YouTube.

A Diretoria da APL é composta pelos acadêmicos Zózimo Tavares (presidente), Magno Pires (vice-presidente), Fides Angélica (secretária geral), Fonseca Neto (1º secretário), Dilson Lages (2º secretário) e Humberto Guimarães (tesoureiro).

Os acadêmicos elegeram a chapa de consenso por unanimidade. O mandato é para o biênio 2022/2023.

Em cumprimento ao regimento da APL, a decana Nerina Castelo Branco deu posse ao presidente, que empossou os demais dirigentes da instituição.

A sessão foi realizada no auditório Wilson Brandão, com frequência controlada e adoção dos cuidados sanitários.

Filme e presenças

Durante a sessão, foi exibido o filme “Sonho que saiu do papel”, documentário sobre a história da APL produzido pelo jornalista Luciano Klaus através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, com patrocínio da Equatorial Energia.

Os acadêmicos participaram da sessão nas duas modalidades. Além dos empossandos, estiveram presentes no auditório os acadêmicos Elmar Carvalho, Felipe Mendes, Francisco Miguel de Moura, Itamar Costa, Moisés Reis, Nerina Castelo Branco e Plínio Macedo.

Também estiveram presentes à sessao os acadêmicos eleitos Tony Batista e Carlos Evandro Martins Eulálio.

Através da sala virtual, participaram os acadêmicos Celso Barros, Jonathas Nunes, Luiz Ayrton Santos Júnior, Nelson Nery, Socorro Rios Magalhães, Valdeci Cavalcante e Wilson Brandão.

Autoridades

Entre as autoridades que prestigiaram o evento, o representante do governador Wellington Dias, Osmar Júnior, secretário de Governo; a presidente do Tribunal de Contas do Estado, Lilian Martins; o deputado federal Flávio Nogueira e o presidente da OAB-PI, Celso Barros Neto.