APL sugere edital específico para obras de autores piauienses

A Academia Piauiense de Letras encaminhou ofício à Secretaria Estadual de Educação sugerindo edital específico para a aquisição de obras de autores piauienses.

O presidente da APL, Zózimo Tavares, informou que em janeiro deste ano a Seduc lançou edital para aquisição de livros didáticos e paradidáticos para compor o acervo das bibliotecas e salas de leitura da rede estadual de ensino, incluindo obras da Literatura Piauiense.

Conforme o edital, a lista das obras recomendas sairia no final de fevereiro, após avaliação técnica da equipe da Secretaria de Educação do Estado.

Em função da elevada quantidade de títulos apresentados, a divulgação do resultado já foi adiada quatro vezes.

Mais de 3 mil títulos foram inscritos, em sua esmagadora maioria por grandes editoras que vendem livros didáticos para todo o país.

A seleção dos livros , através de chamada pública, ocorre em etapa diferente e separada do processo licitatório para compra.

Daí, a Academia sugeriu o edital específico para a aquisição de obras de autores piauienses, com o objetivo de dar maior celeridade e transparência ao processo.

Ofício da APL dirigido à Secretaria Estadual de Educação.

Nova Chamada Pública da Seduc inclui autores piauienses

A Secretaria Estadual de Educação publicou edital que tem por objeto a convocação de editores para inscrição e entrega de livros paradidáticos para bibliotecas e salas de leitura das escolas da rede estadual de ensino.

A temática das obras deve abordar as áreas de Linguagem e Códigos, Matemática e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, além de manifestações literárias, folclóricas e culturais piauienses.

Literatura Piauiense

Com a iniciativa, a Seduc-PI pretende estimular os estudantes da rede pública do ensino fundamental ao ensino médio a aprimorar o conhecimento em geral, bem como o respeito à cultura piauiense, auxiliando a prática pedagógica na rede estadual de ensino.

Outro objetivo é promover aos estudantes da rede pública estadual de ensino acesso à cultura, literatura e as demais ciências, estimulando o desenvolvimento do hábito e do prazer pela leitura.

A inclusão de obras de autores piauienses nas compras de livros didáticos e paradidáticos vem sendo cobrada pela Academia Piauiense de Letras.

O prazo de inscrição das obras começa hoje.

(Com informações da Seduc-PI)