Celso Barros agradece homenagens pelos 100 anos

Celso Barros na APL.
Celso Barros na APL.

Aos 100 anos e 7 meses, o jurista, professor e acadêmico Celso Barros Coelho assistiu ao Concerto de Natal que marcou o encerramento das atividades da Academia Piauiense de Letras em 2022.

O concerto foi apresentado no sábado (17/12) pelo violonista Erisvaldo Borges, no auditório acadêmico Wilson Brandão, sede da APL.

A Academia proclamou 2022 como “Ano Celso Barros Coelho”, em homenagem ao centenário de nascimento de seu ex-presidente.

Homenagens e agradecimento

As celebrações do centenário de Celso Barros foram abertas em maio passado, em sessão conjunta da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção do Piauí, e da Academia Piauiense de Letras.

Outras instituições se integraram ao programa de comemorações de Celso Barros, como a Universidade Federal do Piauí, o Instituto Histórico e Geográfico do Piauí, o Instituto dos Advogados do Piauí e a Academia de Letras, História e Ecologia da Região Integrada de Pastos Bons.

Celso Barros compareceu ao concerto natalino da APL acompanhado da família e, ao final, fez uso da palavra agradecendo as homenagens recebidas.

A chegada de Celso Barros para o Concerto de Natal da APL.
O concerto de Erisvaldo Borges na Academia.
Celso Barros assiste ao concerto com a família.
O agradecimento pelas homenagens recebidas.
O presidente da APL, Zózimo Tavares, faz saudação a Celso Barros.
Celso Barros com a acadêmica Fides Angélica, secretária geral da APL.
A recepção do presidente da APL a Celso Barros.
Celso Barros com acadêmicos e convidados.
Com os acadêmicos Francisco Miguel de Moura e Plínio Macêdo.
Com o violonista Erisvaldo Borges.
Com o acadêmico Fonseca Neto, 1º secretário da APL.
Com o promotor de Justiça Carlos Rubem.
Confraternização após o concerto na APL.