APL elege Moisés Reis e completa quadro de 40 membros

 

Em processo eleitoral realizado neste sábado, 23 de novembro, a Academia Piauiense de Letras elegeu como novo imortal o escritor e advogado Moisés Ângelo Reis, com 30 votos.

 

Ao todo, 33 acadêmicos estiveram presentes na eleição. O escritor disputava a cadeira na instituição centenária com a professora Rosa Pereira, que obteve 2 votos. Apenas um acadêmico votou em branco. Foram registradas ainda cinco ausências.

 

Agora, a instituição centenária completa o quadro de 40 imortais.

Moisés Reis ocupará a cadeira de n° 28. O advogado tem uma vasta obra na área jurídica, chegou a disputar a cadeira nº 24 quando foi eleita a arqueóloga Niéde Guidon.

 

A comissão eleitoral responsável pela votação e apuração foi formada pelos imortais Fonseca Neto, Magno Pires, Reginaldo Miranda, Elmar Carvalho e Dilson Lages. “Foi um processo normal, tranquilo, a Academia se encaminha para ter seus 40 membros, é a Academia se renovando. É o processo que vai acontecer, um dia vai acontecer comigo”, indicou Fonseca Neto.