Acadêmicos lamentam a partida de Assis Brasil

Escritor Assis Brasil: mais de 100 livros publicados.
Escritor Assis Brasil: mais de 100 livros publicados.
Escritor Assis Brasil: mais de 100 livros publicados.

O falecimento do jornalista e escritor Assis Brasil foi lamentado por membros da Academia Piauiense de Letras, onde ele ocupava a Cadeira 36 e desfrutava da amizade e da admiração dos confrades.

Em mensagens no Grupo de WhatsApp da APL, os colegas manifestaram seu pesar pela perda do escritor.

Para o acadêmico e desembargador Oton Lustosa, “perdemos um ficcionista de grande valor no cenário da literatura brasileira, com vários livros publicados”.

O acadêmico, historiador e deputado Wilson Brandão destacou que Assis Brasil como “um grande brasileiro!”

A acadêmica Socorro Rios Magalhães, professora de Literatura, afirmou que o falecimento do escritor significa “Uma grande perda para a literatura brasileira”.

O médico e acadêmico Luiz Ayrton Santos Júnior esteve na casa do escritor ajudando o editor Leonardo Dias a providenciar o velório. E disse que Assis Brasil “estava com um semblante de paz”.

Para o acadêmico Magno Pires, “o falecimento de Assis Brasil emudece, em parte, a literatura brasileira e a piauiense, porquanto autor de mais de 100 obras; entretanto, essas obras representam o seu grandioso legado à sociedade nacional. Falece o escritor, porém, as obras permanecerão divulgando o escritor brasieleiro Assis Brasil”.

O acadêmico Nelso Nery, também presidente do Conselho Estadual de Cultura, escreveu que “o Brasil perdeu um grande escritor”.

O velório será na Pax União e o sepultamento está marcado para as 16h, no Jardim da Ressureição.

A APL divulgou Nota de Pesar ontem à noite: