Escola estuda e mostra as riquezas do Piauí

Serra da Capivara, Oeiras – Primeira Capital, Cerrados, Rio Parnaíba, Carnaúba, Cocais, Música, Literatura, Artesanato, Culinária… Estes e outros valores naturais e imateriais do Piauí foram estudados e apresentados na Feira de Conhecimentos – Declare seu amor pelo Piauí, realizada pelo Colégio Pro Campus, da rede particular de ensino.

O projeto foi desenvolvido pelos alunos do 4º ano do Colégio Pro Campus Criança, com o objetivo de incentivar a valorização da cultura e as tradições do Piauí.

O projeto estimula os alunos a conhecerem e a se orgulharem das riquezas culturais da região.

Além disso, busca fortalecer a identidade cultural dos estudantes, incentivando o orgulho de ser piauiense e contribuindo para a formação de cidadãos conscientes e engajados com sua comunidade.

O presidente da Academia Piauiense de Letras, Zózimo Tavares, participou do encerramento da Feira, no sábado (28/10), a convite do diretor da escola, professor Clementino Siqueira.

O acadêmico disse que viu no Pro Campus o que gostaria de ver em todas as escolas do Piauí – um olhar sobre as riquezas piauienses, em todas as suas expressões.

O evento mobilizou toda a escola e as famílias participaram do encerramento.

O programa

O programa de encerramento foi aberto às 8h pela coordenadora pedagógica, professora Auxiliadora Araújo.

A seguir, houve apresentações culturais – Coral do Hino do Piauí e repentistas e visitação das estações (Salas Culturais):

Pátio da Escola: I Exposições culturais sobre o Piauí e mostra fotográfica;

Sala 01 – Curiosidades sobre o Estado;

Sala 02 – Vegetação do Piauí;

Sala 03 – Personalidades e autores piauienses;

Sala 04 – Turismo no Piauí – Amarante;

Sala 05 – Turismo no Piauí – Turismo no Estado – Belezas do Piauí;

Sala 07 – Economia do Piauí – Piauí em números;

Sala 08 – História do Piauí;

Sala 11 – Turismo no Piauí – Serra da Capivara (alunos do 5º ano);

Sala 3.0 – Avanços na tecnológicos no Piauí;

APL doa livros a escola do semiárido

Durante visita ao município de Bonfim do Piauí – a 560 quilômetros de Teresina, na região de São Raimundo Nonato –, no dia 29 de setembro, os acadêmicos Zózimo Tavares, Fonseca Neto e Felipe Mendes estiveram também no Centro Educacional Gasparino Ferreira.

A escola foi inaugurada no ano passado, através do PRO Piauí Educação, do Governo do Estado, beneficiando estudantes do Ensino Médio e da Universidade Aberta do Piauí (UAPI).

Antes da construção da escola, os estudantes assistiam aulas em um prédio do município.

O Centro Educacional Gasparino Ferreira atende 152 estudantes e funciona nos três turnos com oferta de Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA), bem como Educação Profissional, concomitante via mediação tecnológica com cursos de Gestão e Vendas e Informática Básica.

Além disso, a escola atende, nos fins de semana, estudantes matriculados no curso de Administração da UAPI 3ª etapa.  

O Centro possui 7 salas de aula, laboratório de informática, biblioteca, laboratório de ciências, refeitório e quadra poliesportiva.

Os visitantes foram recebidos pela diretora da escola, professora Cristiana Alves, alunos, professores e convidados. Eles conheceram os espaços da escola e se reuniram com estudantes na quadra coberta de esportes.

Os acadêmicos estavam acompanhados do prefeito Paulão, do vice-prefeito Paulo Henrique e do escritor Marcos Damasceno.

A Academia Piauiense de Letras doou livros das Coleções Centenário e Século 21 para a biblioteca da escola.

(Imagens: Luciano Klaus)

O presidente da APL, Zózimo Tavares, entrega livros de autores piauienses a escola.

Acadêmico Felipe Mendes fala aos estudantes.

Acadêmico Fonseca Neto na escola de Bonfim do Piauí.

Escritor Marcos Damasceno, que acompanhava a comitiva da APL.