Centenário de Fontes Ibiapina vai até sábado, 25

Abertura da Exposição Fontes Ibiapina, na APL.
Abertura da Exposição Fontes Ibiapina, na APL.

As comemorações do Centenário Fontes Ibiapina, abertas ontem (20/06), na Academia Piauiense de Letras, prosseguem até o próximo sábado (25/06).

A abertura do evento foi feita pelo presidente da APL, Zózimo Tavares, em ato que contou com a presença de parentes do escritor homenageado, acadêmicos e convidados.

A instalação do Centenário Fontes Ibiapina foi feita, por coincidência, no encerramento da abertura do Curso de Combate a Incêndio Florestal, promovido pelo Corpo de Bombeiros do Piauí no auditório da APL.

O presidente da Academia fez a apresentação do autor e discorreu brevemente sobre a sua obra literária “Palha de Arroz”, que retrata os incêndios de casebres de palha em Teresina, na década de 1940.

O acadêmico lembrou que o episódio dos incêndios levou à criação do Corpo de Bombeiros.

Exposição

Estavam presentes à cerimônia o secretário de Segurança, coronel Rubens; o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Jota Rego, e o adido de Polícia da França, Serge Giordano, além de instrutores e alunos do curso.

Após a declaração do início da celebração do Centenário, houve a abertura da Exposição sobre a vida e a obra de Fontes Ibiapina.

Palestras

Nesta quarta-feira (22/06), haverá no auditório da APL a palestra “Realidade e ficção na obra de Fontes Ibiapina”.

Na quinta (23/06), outra palestra, “O acervo de FI: Fontes inesgotáveis de pesquisa”.

Na sexta (24/06), mais uma palestra em torno da obra do escritor: “Um folclorista na Academia de Letras”

Todas as palestras serão a partir das 9 horas.

Livros

Três livros de Fonte Ibiapina estão sendo lançados durante o centenário do escritor: “Dicionário de Brasileirismos no Piauí”; “Terreiro de Fazenda” e “Paremiologia Nordestina”.

Chá das 5

Nesta quinta-feira (23/06), o programa “Chá das 5”, apresentado às 17 horas, na TV Nestante (YouTube) pela APL, será dedicado ao escritor Fontes Ibiapina.

A entrevistada será a professora e mestra Laila Ibiapina Caddah, sua neta, com a participação de convidados.

O programa dos 100 anos de Fontes Ibiapina será encerrado no sábado com mais palestras e apresentação de peça teatral do autor no auditório da APL.

Abertura da exposição com a presença do adido francês, acadêmicos, autoridades e parentes d escritor.

Presidente da APL abre o Centenário Fontes Ibiapina.

Objetos pessoais do escritor na exposição.

Zózimo Tavares com Jamile Ibiapina Caddah, filha do escritor, e Mundica Fontes

Acadêmico Francisco Miguel de Moura com Mundica Fontes e Mécia.

A artista plástica Mundica Fontes, ilustradora das capas do escritor, com o acadêmico Elmar Carvalho.

Adido francês visita estante com as obras de Fontes Ibiapina.