Valença recebe Memorial Petrônio Portella

pp4

Memorial Petrônio Portella, na Praça José Martins, em Valença do Piauí

O município de Valença do Piauí – a 210 quilômetros de Teresina – recebeu ontem (28/03) as instalações do Memorial Petrônio Portella.

Dois painéis, pintados pelos artistas Moisés Rêgo e Valdeci Freitas, fazem parte do memorial, que conta ainda com uma exposição permanente sobre a trajetória política do ex-ministro, filho ilustre da cidade.

Petrônio Portella nasceu em Valença em 1925. Foi advogado e professor. Na política, foi deputado estadual, prefeito de Teresina, governador e senador da República.

Ele faleceu em 6 de janeiro de 1980, aos 54 anos, quando ocupava o cargo de ministro da Justiça, através do qual coordenava o processo de reabertura política do país.

Petrônio ocupou a Cadeira 16 da Academia Piauiense de Letras, que foi representada no ato de entrega do memorial pelo seu presidente, Zózimo Tavares.

Lideranças políticas locais e outros convidados se fizeram presentes ao evento.

O projeto

O novo espaço cultural foi aberto na Praça José Martins e foi executado pela Secretaria Estadual de Cultura, com a colaboração do Senado Federal, da Academia Piauiense de Letras, Prefeitura de Valença e Fundação Quixote, entre outras instituições.

O espaço compõe a primeira etapa do Projeto de Requalificação do Centro Histórico da cidade.

São 27 fachadas que ganharam nova pintura. A praça foi restaurada, ganhou bancos de madeira e luminárias coloniais.

O projeto, coordenado pelo arquiteto Paulo Vasconcelos e a equipe da Lucaia, foi executado pelo Governo do Estado, através da Secult, com apoio do Siec e patrocínio do Paraíba, além de recursos da lei Aldir Blanc.

Conforme o secretário de Cultura, Fábio Novo, a próxima etapa do projeto vai contemplar a construção do museu em homenagem ao mestre Dezinho, que também nasceu na cidade.