Secult abre inscrições do Salão de Arte Santeira

Estão abertas até o dia 30 deste mês as inscrições do XVII Salão de Arte Santeira.

Com objetivo de dar oportunidade e visibilidade também aos artesãos de outros Estados, o evento irá promover o I Salão Nacional de Arte Santeira.

O XVII Salão de Arte Santeira e o I Salão Nacional De Arte Santeira serão realizados de 18 de novembro a 6 de dezembro, na Central de Artesanato Mestre Dezinho.

O edital está disponível no site www.artesanatopiauiense.pi.gov.br e os interessados poderão se inscrever por meio do e-mail: edital.sudarpi@gmail.com.

O XVII Salão de Arte Santeira e o I Salão Nacional De Arte Santeira são realizados pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura – Secult e Superintendência de Desenvolvimento do Artesanato Piauiense – Sudarpi, com recursos do Siec e patrocínio do Armazém Paraíba.

Homenagem

O Salão de Arte Santeira faz parte do calendário cultural do Piauí, que neste ano terá como homenageado o Mestre Araújo, artesão nascido em 1952, no município de Domingos Mourão.

Mestre Araújo começou a esculpir sua obra aos 9 anos de idade, em sua cidade natal, incentivado pelo seu tio, Mestre Expedito, que o levou para perto de Mestre Dezinho para ajudá-los na construção das portas da Igreja de Nossa Senhora de Lourdes, no bairro vermelha, em Teresina.

Atualmente, mestre Araújo mora em Pedro II. O santeiro tem suas obras expostas em diversos países, como Alemanha, Itália, Espanha, França e Portugal.

(Com informações da Ascom/Secult)

APL disponibiliza nova coleção do “Notícias Acadêmicas”

A Academia Piauiense de Letras disponibiliza em seu site uma nova coleção do boletim “Notícias Acadêmicas”.

A coleção postada é relativa ao ano de 1988 e registra as atividades da APL durante todo o ano.

Um dos destaques é para a visita do então presidente da Academia Brasileira de Letras, Austregésilo de Athayde, ao Piauí.

O acadêmico passou três dias em Teresina, como convidado oficial da APL.

Digitalização

Todo o acervo do informativo “Notícias Acadêmicas” já foi digitalizado e está sendo editado em PDF para facilitar o livre acesso dos interessados.

A digitalização decorre de projeto aprovado pelo Siec-21 (Secretaria Estadual de Cultura), com patrocínio do Grupo Claudino, via Socimol.

Veja o link: https://www.academiapiauiensedeletras.org.br/noticias-da-academia/

Biblioteca atrai um terço da população e recebe prêmio nacional

Fachada da Biblioteca Patativa do Assaré, de Vila Nova do Piauí

Imagine uma cidade de 3 mil habitantes, dos quais 900 visitam a biblioteca municipal todo mês. Esta cidade existe e fica no semiárido nordestino. Trata-se de Vila Nova do Piauí, na microrregião de Picos.

Fundado em 1996, cinco anos depois o novo município criava a Biblioteca Pública Municipal Patativa do Assaré, inaugurada no dia 28 de setembro de 2001.

A biblioteca comemora os seus 20 anos com a conquista do primeiro lugar no programa Recode Bibliotecas, pelo desenvolvimento de práticas de inovação, sustentabilidade e transformação social e digital.

É um prêmio nacional, no qual a Biblioteca de Vila Nova do Piauí garantiu a medalha de ouro e ficou no topo das premiadas, destacando-se como a primeira do ranking geral e da Região Nordeste na fase 2020.

Em segundo lugar ficou a Biblioteca Municipal Prof. Alencar Assis – São Sebastião do Paraíso, Minas Gerais.

A 3ª colocação foi para a Biblioteca Pública Municipal Viveiro das Letras, de Porto Velho em Rondônia.

A 4ª colocação foi alcançada pela Biblioteca Beatriz Schwab de Brasília/DF e, a Biblioteca Pública Municipal de Pojuca, na cidade Pojuca, Bahia, em 5º lugar. 

As cinco primeiras colocadas de cada fase ganham equipamentos para apoiar o uso de tecnologia em seus espaços, como notebooks (1º e 2º lugar), TV de 32? (3º lugar), data show (4º lugar) e impressora multifuncional (5º lugar).

O Prêmio

O Recode Bibliotecas é um programa nacional de estímulo à transformação social e digital de comunidades através do protagonismo dos espaços de leitura.

Para isso, oferece apoio e formação por meio de um percurso formativo que percurso visa o desenvolvimento de uma nova programação nas bibliotecas, em sintonia com as demandas locais, tendo a inovação e a tecnologia como aliadas.

O Recode atua em parceria com o Movimento Bem Maior, que tem como objetivo fortalecer uma rede de bibliotecas públicas, comunitárias, escolares e universitárias em todo o país.

Biblioteca Patativa do Assaré: livros, xadrez, música e dança no mesmo local.

Chá das 5

A coordenadora da Biblioteca Patativa do Assaré, professora Marli Veloso, foi a entrevistada do “Chá das 5” de quinta-feira passada (9/11).

O programa é apresentado semanalmente pela Academia Piauiense de Letras na TV Nestante (YouTube).

A professora contou a história da biblioteca, as atividades desenvolvidas e as conquistas alcançadas, sendo a principal delas a motivação dos jovens pela leitura.

Ela disse que a missão da biblioteca é a de contribuir para a formação de leitores críticos e sujeitos de sua própria história e de ser instrumento de democratização do acesso ao livro, à leitura e à literatura.

O nome da Biblioteca é uma homenagem a uma das vozes mais contundentes da poesia popular brasileira, Antônio Gonçalves da Silva, o Patativa do Assaré.

Acompanhe a entrevista ao “Chá das 5” no link abaixo:

Currais ganha Centro Cultural

O antigo centro social do município de Currais, que estava desativado, abriga agora o Centro Cultural Júlia Rodrigues.

O espaço conta com auditório, salas para oficinas de canto, dança, música e pintura, além sala de administração, cozinha e alojamento para os professores.

Foram investidos R$ 245 mil na reforma, executada pelo Governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Cultura – Secult.

“Toda cidade do Piauí merece ter um espaço de cultura. Currais é uma cidade que tem a tradição de rabecas e um forte festival junino, o que movimenta culturalmente o município. A partir de agora, Currais conta com um espaço para que possamos dinamizar a cultura e profissionalizar com cursos permanentes”, disse o secretário de Cultura, Fábio Novo, durante a inauguração da nova casa.

O prédio tem uma área de quase 245 metros quadrados e está situado no centro da cidade. 

O local ganhou uma decoração especial, com elementos da cultura nordestina e das tradições presentes em Currais.

As salas que receberão as oficinas de música estão equipadas com cadeiras, mesas, além de instrumentos musicais como violão, teclado, tambor, zabumba, tamborim, pandeiro e outros.

Uma ampla sala de dança também vai abrigar oficinas e ensaios de grupos juninos, uma forte tradição na cidade.

(Com informações da Ascom/Secult-PI)

Acadêmico fala na APL sobre formas poéticas curtas

O médico, professor e acadêmico Luiz Ayrton Santos Júnior vai proferir palestra sobre “Formas poéticas curtas” na sessão de sábado (11/09) da Academia Piauiense de Letras.

Ele foi convidado pelo presidente da APL, Zózimo Tavares, para compartilhar com os acadêmicos e demais interessados os seus estudos sobre as formas poéticas curtas.

Luiz Ayrton é também poeta e vai falar sobre cheritas, pantum e hai- kai e outras formas poéticas que ganham um número cada vez maior de admiradores e praticantes em todo o mundo.

A conferência do acadêmico será proferida em sessão especial que será transmitida pela TV APL, o canal da Academia no YouTube.

Novo currículo da UFPI valoriza Literatura Piauiense

O novo currículo do Curso de Letras/Português da Universidade Federal do Piauí traz uma maior valorização da Literatura Piauiense.

A informação é da professora Jasmine Malta, do Departamento de Letras da UFPI, e foi dada no “Chá das 5”, programa que a Academia Piauiense de Letras apresenta toda quinta-feira, às 17h, na TV Nestante (YouTube).

A professora Jasmine Malta informou ainda que até 2010 a disciplina Literatura Piauiense era optativa nos cursos de graduação da UFPI.

Com o currículo implantado em 2010, a disciplina passou a ser obrigatória. E passou a ser ofertada também uma disciplina optativa.

Antecipação

No currículo que está entrando em vigor agora em 2021, o aluno do curso de Letras/Português da UFPI passa a ter contato com a Literatura Piauiense logo no primeiro período.

No currículo anterior, esse contato se dava no sétimo período.

A disciplina Literatura e Cultura Piauiense passa a ser ofertada tanto na graduação quanto nos programas de pós-graduação em Letras.

Para a professora, o novo currículo, antecipando a oferta da disciplina de Literatura Piauiense logo para o começo do curso, proporciona um aprimoramento de leitores e pesquisadores ao longo da graduação.

Obras em circulação

A preocupação da equipe do Departamento de Letras quanto à definição da bibliografia básica e completar foi no sentido de que as obras a serem estudadas estejam em circulação.

A professora Jasmine Malta ministra a disciplina Literatura Piauiense na UFPI desde 2002.

Ela é também presidente coordenadora da Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil (AJEB Piauí), artista visual, escritora e Conselheira Titular de Patrimônio Material e Natural de Teresina, com grande engajamento na cena cultural.

APL homenageia o Teatro 4 de Setembro

A Academia Piauiense de Letras realiza neste sábado, às 10h30, Sessão Especial em homenagem ao Theatro 4 de Setembro, que aniversaria hoje.

Durante a sessão, o dramaturgo e escritor Ací Campelo vai proferir a palestra “Theatro 4 de Setembro: 127 anos de história”.

Aci Campelo é escritor, dramaturgo, diretor de Teatro e produtor cultural. Tem formação superior em Educação Artística- Artes Cênicas e pós- graduação em História Sociocultural, pela UFPI.

Tem curso de gestão cultural pela Fundação Getúlio Vargas/Ministério da Cultura-Rio de Janeiro, e pela Escola Nacional de Aprendizagem Pública, Brasília.

Também tem curso de encenação teatral pela Fundação Nacional de Arte, Rio de Janeiro.

Dirigiu o Theatro 4 de Setembro e a Escola de Teatro Gomes Campos.

Foi diretor da Fundação Monsenhor Chaves.

Pertenceu ao Conselho Estadual de Cultura e foi presidente do Conselho Municipal de Política Cultural de Teresina.

Ganhou duas vezes o prêmio de dramaturgia Jonatas Batista da Secul-Pi.

Autor dos textos teatrais “A Batalha do Jenipapo”, Os Salvados”, “A Menina e o Boizinho”, entre outros.

Com o livro História do Teatro Piauiense, ganhou o prêmio Clio de História, da Academia Paulistana de História.

O evento será transmitido pela TV APL, Canal da Academia no YouTube, no LINK:

Theatro reabre para aniversário

Após um ano e meio fechado ao público, funcionando apenas para realização de lives, o Theatro 4 de Setembro reabriu de 1º a 4 de setembro, com lotação máxima de 100 pessoas.

A programação faz parte das comemorações de seu aniversário. Os ingressos podem ser trocados por alimentos não perecíveis, no Clube dos Diários.

“Nós estamos até reaprendendo a receber o público, depois desse período fechado, seguindo todos os protocolos de distanciamento. Mas é uma felicidade retornar com uma programação 99% de artistas piauienses”, comenta o coordenador do Theatro 4 de Setembro, João Vasconcelos.

Abrindo a programação, no dia 1º de setembro houve apresentações de humor com Maria dos Prazer, Amaury Jucá e a comédia Pão com Ovo.

Nesta quinta-feira (02) o espetáculo Botando Sentido mostra o resultado da aprendizagem dos alunos da Escola Equilibrista de Circo.

Na sexta, dia 3, os atores Alexandre Borges, Gyselle Soares e Lourimar Vieira fazem uma homenagem ao poeta piauiense Torquato Neto.

No dia 4 (sábado) haverá a apresentação de “Caminhos da Independência”, do grupo Teatro do Kaos (São Paulo).

Os ingressos podem ser adquiridos de 9 às 17h, na galeria do Club dos Diários. Maiores informações os interessados devem entrar em contato pelo número 98817-2201.

Programação

01/09 – Humor (Maria dos Prazer, Amauri Jucá e Pão com Ovo)

02/09 – Espetáculo “Botando Sentido” (Escola Equilibrista de Circo)

03/09 – Homenagem à Torquato Neto (Alexandre Borges, Gyselle Soares, Lourimar Vieira e Convidados)

04/09 – Espetáculo “Caminhos da Independência” (Teatro do Kaos) Ingressos Exclusivos – 1kg de leite em pó

Lives

14/09 – Circo (Cia Talismã + Joca do Caburé + Grupo Biboca)

28/09 – Espetáculo “Amar se aprende amando” – Cia de Dramas e Comédias

(Com informações e imagens da Ascom/Secult)

APL valoriza cultura nos municípios

“Chá das 5” recebe Ernâni Getirana, de Pedro II.

A Academia Piauiense de Letras tem procurado uma maior aproximação com os polos culturais do interior do Piauí, através do programa “Chá das 5”, apresentado toda quinta-feira, às 17h, na TV Nestante (YouTube).

Intelectuais e produtores culturais de várias regiões do Piauí já foram entrevistados no programa. Com isso, a APL busca promover uma conexão com os polos regionais e locais de cultura.

Já foram entrevistados, entre outros, os professores e escritores Claucio Ciarlini; da Academia Parnaibana de Letras; Ernâni Getirana, da Academia de Letras e Artes de Pedro II; e Ozildo Batista de Barros, que influenciou uma geração de autores na região de Picos.

O presidente da APL, Zózimo Tavares, disse que é fundamental esse contato da Academia com os escritores e produtores culturais que vivem praticamente isolados no interior e afastados da cena cultural de Teresina.

Ele adiantou que a Academia promoverá outros eventos para estreitar e intensificar essa relação, de modo a dar voz e visibilidade também aos que fazem cultura nos municípios.

O acadêmico observou que a APL trouxe também para o seu programa nomes nacionais das letras, como os escritores Aldo Rebelo e Carlos Castelo, de São Paulo; e Edmilson Caminha Júnior e Paulo Castelo Branco, de Brasília.

“Chá das 5” recebe Ozildo Batista de Barros, de Picos.

TCE homenageia acadêmico Luiz Ayrton

O médico e acadêmico Luiz Ayrton Santos Júnior é uma das 29 personalidades agraciadas com o “Colar do Mérito do TCE-PI Conselheiro Jesualdo Cavalcanti”.

A sessão de entrega da honraria foi realizada na sexta-feira (27/08), homenageando membros do Judiciário e do Legislativo, além de servidores públicos, jornalistas, médicos, advogados e representantes da sociedade civil.

Luiz Ayrton Santos Júnior ocupa a Cadeira 16 da APL. Ele é médico pela Universidade de Pernambuco (1984), mestre em Medicina pela Universidade de São Paulo (1997) e doutor em Cirurgia pela Universidade Federal de Pernambuco (2006). Mastologista pela Sociedade Brasileira de Mastologia.

Professor fundador da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual do Piauí, onde ministra Bioética e História da Medicina, e professor Adjunto 4 de Bioética da Universidade Federal do Piauí.

É também empreendedor social desde 1991. Organizou em 1998 a Fundação Maria Carvalho Santos, que cuida da problemática do câncer de mama. Presidiu a Academia de Medicina do Piauí e pertence à Academia Brasileira de Mastologia.

A sessão

O colar foi entregue em sessão solene especial de reconhecimento pelos relevantes serviços prestados à sociedade e à Corte de Contas.

A solenidade, presidida pela conselheira Lilian Martins, encerrou a semana de comemoração dos 122 anos do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI).

A solenidade teve formato híbrido, com a participação presencial somente de autoridades, homenageados e convidados, seguindo os protocolos de segurança e saúde. O evento teve transmissão ao vivo pelo YouTube e TV Assembleia.

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Kássio Nunes Marques, foi um dos homenageados e discursou em nome dos agraciados.

(Com informações e imagens da Ascom/TCE-PI)